domingo, 16 de outubro de 2011

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA- SIMULADO DE REDAÇÃO DIA 07/10/11

O desgosto do brasileiro com os políticos tem gerado protestos inusitados, como a eleição de animais, em décadas passadas, e a candidatura de pessoas sem nenhuma ligação com a política, que chegam a declarar publicamente não entenderem nada sobre o cargo que disputam.
 O slogan mais comentado deste ano foi "Vote Tiririca, pior que tá não fica". O que você pensa disso? Esse tipo de voto de protesto ajuda o Brasil a melhorar? Passado o fervor da campanha eleitoral e concretizado o deboche por meio da eleição desses personagens, como fica o país e qual a contribuição desses novos políticos durante anos? Qual o prazo de validade da piada que se faz ao se votar em palhaços? 
     Votar em palhaço é uma forma válida de protestar?
                                                         http://educacao.uol.com.br/bancoderedacoes/

Proposta 2
Óvulos de mulher morta são congelados para futura fertilização
O direito de ter um neto
Família israelense congela óvulos de filha e quer gerar neto

A justiça permitiu que a família congelasse os óvulos, mas não que os fertilizasse.  Uma família congelou os óvulos da filha, morta em um acidente, e agora quer gerar um neto. O esperma viria de um banco de doadores anônimos. Ou seja, se a justiça autorizar a inseminação, dá pra dizer que o bebê vai nascer sem pai, nem mãe. (foto ilustrativa)
Um desafio para a ciência e a justiça começou numa rua na cidade de Kfar Saba, norte de Israel. No dia 7 de julho, a jovem Chen Aida Ayash, de 17 anos, foi atropelada ao cruzar uma faixa de segurança. Depois de uma semana em coma, ela teve morte cerebral.
Assaf Noy, advogado da família Ayash, conta que os pais autorizaram a doação dos órgãos. E pediram que os óvulos da jovem também fossem retirados.  Apesar de terem outros três filhos, os pais quiseram preservar a possibilidade de terem netos, filhos de Chen. A justiça permitiu que a família congelasse os óvulos, mas não que os fertilizasse. Afinal, ela era solteira e menor de idade. A retirada dos óvulos de uma mulher morta para a futura fecundação é inédita no mundo.
O caso emocionou a equipe do Hospital de Kfar Saba. “Choramos, não podíamos respirar”, contou uma médica, ao saber que uma criança poderia nascer nessa situação. O médico Adrian Shulman, que extraiu os óvulos da adolescente, ficou surpreso com a autorização para a retirada.  “Não me senti confortável com a decisão. Não sei se concordo. É preciso discutir muito esse assunto, do ponto de vista ético, para saber se podemos continuar ou banir para sempre esse procedimento”, diz Adrian Shulman, diretor do hospital.
O juiz deu à família um prazo de três meses para decidir o que vai fazer. Os pais de Chen podem optar por doar os óvulos para um casal infértil. Mas se quiserem usá-los para ter um neto, vão ter que entrar com nova ação no tribunal.
Caso consigam a autorização, haverá mais polêmica. Chen tinha um namorado, mas a família poderia recorrer ao banco de sêmen, depois teria que encontrar uma mãe de aluguel que aceite emprestar seu útero. O que para a família Ayash é agora uma questão de foro íntimo, para o mundo pode representar uma revolução na maneira de se construir uma família.
Como um casos desses seria tratado no Brasil? Por aqui, o Conselho Federal de Medicina, órgão que normatiza as práticas médicas, não tem registro de um caso igual ao de Israel.  “Aqui no Brasil, nós teríamos uma dificuldade muito grande em admitir essa possibilidade do congelamento de óvulos de uma mulher com menos de 18 anos de idade, quer dizer na verdade uma adolescente”, aponta Guilherme Calmon, professor de Direito Civil da Uerj.
No país, já houve casos de mães que usaram o sêmen congelado de maridos para inseminar óvulos. Foi o que aconteceu com Kátia, de Curitiba. O marido dela, Roberto, foi diagnosticado com câncer. Antes de morrer resolveu congelar o sêmen para que o casal pudesse realizar o sonho de ter um filho. E em junho de 2010 Katia deu à luz Luiza Roberta.  Mas no caso de a mãe já ter morrido, o problema fica mais complicado por envolver a necessidade de uma barriga de aluguel.
“Você vai ter não só a maternidade de substituição, a barriga de aluguel, como uma reprodução post-mortem, porque a mulher que forneceu o óvulo e que seria a mãe jurídica não está mais viva”, explica Guilherme Calmon. O Conselho Federal de Medicina exige que a pessoa, antes de morrer, deixe a sua vontade de ter filhos registrada.
“Do ponto de vista ético, há a prerrogativa, a necessidade, de uma autorização por escrito”, diz Carlos Vital, presidente do CFM.  Foi o que fez Aldimar. Ela e o marido fizeram duas inseminações artificiais e perderam dois filhos. “São meus anjinhos. Como eu falo: nós somos pais de anjos”, diz Aldimar de Souza Silva, administradora de empresas.  Os óvulos que não foram implantados no útero dela estão congelados. E ela assinou um documento que permite que, no caso dela morrer, eles possam ser usados pelo marido para gerar filhos deles. Ou que sejam doados.
“Eu pensei assim: ‘poxa, vou estar morta, meus óvulos estão aqui. Vão ser jogados fora? Por que jogar fora? Eu vou doar para uma pessoa que não pode ter um filho também’”, conta Aldimar. “O Congresso Nacional ainda não editou lei tratando sobre tema específico da reprodução assistida, muito menos reprodução post-mortem, menos ainda de congelamento de óvulos. Temos uma total ausência de leis sobre o assunto”, explica Guilherme Calmon. Tanto em Israel, quanto aqui no Brasil, essa é uma polêmica que ainda deve gerar muitos debates.

fonte- G1-portal da Globo


Elabore uma dissertação que apresente argumentos e dados concretos que justifiquem a sua opinião: a família de Chen Aida Ayash tem o direito de fecundar os óvulos da filha (mesmo depois de morta) sem a autorização por escrito?
Sua redação deve ter, no mínino, 20 linhas e, no máximo, 25 linhas.  Não se esqueça de dar título ao seu texto.



Boa Produção- Abraços

domingo, 21 de agosto de 2011

Proposta

“...É que os brasileiros não sabem reagir à hipocrisia e falta de ética de muitos daqueles que os governam? Não se importam que tantos políticos que os representam no governo, no Congresso, Estados ou municípios são sabotagem descarada de dinheiro público? pergunto muitos analistas e blogueiros políticos.
Mesmo jovens, trabalhadores ou estudantes, manifestaram até agora a menor reação à corrupção daqueles que os governam.Curiosamente, a mais irritada com o assalto aos cofres públicos do Estado parece ser a Dilma presidente, que tem demonstrado publicamente o seu desagrado por o "controle" áreas do governo atual e tem tomado literalmente e seu Executivo, e diz-se Não terminou ainda purgado dois ministros-chave, com o agravante de que foram herdados de seu sucessor, o popular presidente Lula da Silva, que havia pedido a ele para mantê-los em seu governo.
A imprensa brasileira diz que a presidente Dilma já começou, e o preço que será pago será alto, se livrar da "amaldiçoada herança" hábitos de corrupção do passado. E o povo de rua, por que não aqui também ecos do movimento reviver o indignado? Por que não mobilizar as redes sociais? Brasil, por ocasião da chamada e acionamento direto (uma campanha política realizados no Brasil durante 1984 e 1985, que reivindicou o direito de eleger o presidente do país pelo voto direto dos eleitores), começou a rua após a ditadura militar para exigir eleições símbolo da democracia, e assim o fez para forçar o presidente Fernando Collor de Melo (1990-1992) para deixar a Presidência da República antes das acusações de corrupção contra ele hoje está em silêncio sobre a corrupção. As únicas causas capazes de tomar as ruas para dois milhões de pessoas são homossexuais, seguidores de igrejas evangélicas na festa de Jesus e aqueles que pedem a liberalização da maconha.
Será que os jovens, especialmente, não têm nenhuma razão para exigir um Brasil mais rico, não só todos os dias, ou pelo menos menos pobres, mais desenvolvidos a força, mais internacional, mas também uma política menos corrupta no Brasil, mais justa , menos desigual...
Alguns atribuem o fato de que os brasileiros são um povo pacífico, pouco dado aos protestos, que gostam de viver feliz com o muito ou pouco que tem e trabalhar para viver e não viver para trabalhar. Isto também é verdade, mas não explica que em um mundo globalizado, agora conhecido instantaneamente o que está acontecendo no planeta, começando com os movimentos de protesto de milhões de jovens pedindo democracia ou acusado de ser degenerado, o brasileiros não lutam para que o país além de ser rico seja também mais justo, menos corrupto, mais igualitário e menos violento em todos os níveis.
Esse sonho que deixar o Brasil honesto como herança para seus filhos e, também é verdade, ainda é um país onde seu povo não perdeu o gosto de desfrutar o que eles têm, seria um lugar melhor ainda deve haver um movimento capaz de indignados limpeza da escória de corrupção que agora envolve todas as esferas de poder. (Adaptado)



Por que os brasileiros não reagem à corrupção de seus políticos?
Posicione-se em um texto dissertativo argumentativo em 20 a 25 linhas. Dê um título ao seu texto.

domingo, 19 de junho de 2011

Mais propostas. Divirtam-se!!!!

Sugestões

1- Em que mundo você quer viver? (Considere os impactos ambientais e o comportamento humano diante do meio ambiente)
 2- Os desastres naturais no Brasil: acidentes ou a natureza em resposta ao homem?
 3- Brasil na copa do mundo. O governo federal está aprovando uma Medida Provisória que torna secretos os gastos com a Copa do Mundo 2014. Além de ser uma imoralidade, é uma ilegalidade. Veja abaixo:
"Eu já fiz dois decretos-lei, que já foram publicados há mais de quatro meses, colocando no Portal da Transparência cada ato que nós fizermos, tanto para a Copa do Mundo quanto para as Olimpíadas. Cada centavo que o governo gastar, cada centavo, qualquer brasileiro poderá acompanhar no Portal da Transparência da Controladoria-Geral da República [União]. Vocês sabem que no Brasil as pessoas, muitas vezes, talvez por falta de motivos de fazer críticas, as pessoas precisam dizer: “Não, quem vai cuidar do dinheiro? Quem vai tomar conta do dinheiro? O dinheiro vai ser aplicado?”. Então, nós fizemos esse Portal da Transparência para que todo mundo saiba cada centavo. Eu espero que cada governador, que cada prefeito faça, da sua parte – eu só posso fazer da parte do governo federal –, para a gente não ficar tendo que prestar contas todos os dias." Lula, em pronunciamento no dia 19 de julho de 2010, quando assinou  Medida Provisória criando facilidades para as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos 2010.
fonte- blog coturno noturno

http://coturnonoturno.blogspot.com/2011/06/tornar-secretos-os-gastos-da-copa-do.html
E o Portal da Transparência? Vai funcionar?
Levando em conta o texto acima, o que o povo brasileiro deve reagir diante dessa Medida Provisória? Por quê?

Proposta. Aproveitem para exercitar.

Proposta de dissertação

1. Leia com atenção o texto apresentado.

"Foram laureados com o Nobel de Economia os americanos Peter Diamond e Dale Mortensen e o cipriota Christopher Pissarides. Eles desenvolveram uma teoria para explicar incongruências existentes na lei da oferta e da procura - em especial no mercado de trabalho. O trio se dedicou a entender por que existem empregadores em busca de mão de obra e desempregados que não são absorvidos por essa demanda. A pesquisa ganhou destaque no contexto da crise global, em especial com o persistente desemprego nas grandes economias tradicionais.

(Adaptado: Veja. 20 de outubro de 2010. p. 62)

2. Com base no texto acima, redija um texto dissertativo-argumentativo a respeito da situação semelhante no mercado de trabalho brasileiro, em que nem sempre as vagas oferecidas encontram pessoas capacitadas a desempenhar essas funções.

3. Sua redação deverá ter no mínimo 20 e no máximo 25 linhas, considerando-se letra de tamanho regular.

* fonte: Assessoria de Comunicação da UFS

quarta-feira, 1 de junho de 2011

PROPOSTA DA FURG 3 / 2009

PROVA DA FURG 3

O jeitinho brasileiro

            Essa frase virou sinônimo do típico jeitinho brasileiro de querer sempre se dar bem, de driblar a dificuldade pra poder vencer na vida. Tem pessoas que conseguem usar essa inventividade pra fazer coisas positivas, ajudar a outras pessoas, construir coisas dentro da legalidade, mas a maioria das pessoas o fazem de maneira negativa, pra conseguir de maneira mais fácil um objetivo que seria penoso atingir.
            Até que se fosse só isso tudo bem, mas muitas vezes esses atos atropelam outros indivíduos e trazem prejuízos à coletividade. Se estou dualizando muito isso, na verdade, não é bem assim. Muitas vezes a fronteira entre o bom uso da criatividade e a entrada em campo do jeitinho brasileiro em seu lado perverso é tênue e às vezes damos até razão aos infratores, colocando-os como vítimas.
            A gente já começa ouvindo a mentira da mãe sobre a nossa idade no parquinho pra andar nos brinquedos de graça. Depois muitas pessoas descem pela porta da frente do ônibus pra não pagar passagem. Muitos pagam por eles.
            Não tem jeito, é cultural. Ninguém consegue ser 100% honesto neste país. Criatividade exacerbada ou pequenos e grandes delitos se misturam nesse mundo quase incestuoso do jeitinho brasileiro...
(disponível em http://www.blogtematico.blogger.com.br/. Acesso em 23 de setembro de 2008)


Jeitinho brasileiro

            Por definição: o “jeitinho” brasileiro representa, em uma expressão de fácil entendimento, a malandragem histórica do nosso povo. Malandragem com a qual temos contato desde pequenos e ouvimos constantemente nos meios de comunicação e, indiretamente, presenciamos nos atos das pessoas. Há quem tenha orgulho do “jeitinho”, que por ser tão comum, até prefiro omitir as aspas. No entanto, a idéia do malandro está associada à esperteza, como se houvesse algo de esperto em dizer “odeio político ladrão, mas se estivesse no poder, também roubaria”.
(disponível em http://criticasereflexoes.blogspot.com/. Acesso em 23 de setembro de 2008)


            “Quando se refere “o jeitinho brasileiro”, o efeito de sentido produzido não é exatamente o mesmo do “levar vantagem em tudo”. Com “o jeitinho”, o grau de adesão parece ser maior, há mesmo uma simpática tolerância e uma aceitação consentida para com esse modo de ser que identifica e distingue o brasileiro. Uma leitura que pode ser feita do clichê é que ele funciona como um mecanismo compensatório para o brasileiro, frente a tanta adversidade. Afinal, não se pode esquecer que “Deus é brasileiro”, donde o prêmio de consolação”

(LEANDRO FERREIRA. A antiética da vantagem e do jeitinho na terra em que Deus é brasileiro.funcionamento discursivo do clichê no processo de constituição da brasilidade). In: ORLANDI, Eni. Discurso Fundador; a formação do país e a construção da identidade nacional. Campina: Pontes, 1993)


Com base nas ideias apresentadas nos textos acima, produza um texto dissertativo apresentando e defendendo seu ponto de vista sobre o seguinte questionamento: o clichê "jeitinho brasileiro” é uma marca positiva para o Brasil?


quarta-feira, 4 de maio de 2011

Proposta- Turmas 221, 222, 231 e 232.

Bom Trabalho.
                      
FUVEST 2011

Texto 1
Um grandioso e raro espetáculo da natureza está em cena no Rio de Janeiro. Trata-se da floração de palmeiras Corypha umbraculifera, ou palma talipot, no Aterro do Flamengo.
Trazidas do Sri Lanka pelo paisagista Roberto Burle Marx, elas florescem uma única vez na vida, cerca de cinquenta anos depois de plantadas. Em seguida, iniciam um longo processo de morte, período em que produzem cerca de uma tonelada de sementes.
http://veja.abril.com.br, 09/12/2009. Adaptado.

Texto 2
Quando Roberto Burle Marx plantou a palma talipot, um visitante teria comentado: “Como elas levam tanto tempo para florir, o senhor não estará mais aqui para ver”. O paisagista, então com mais de 50 anos, teria dito: “Assim como alguém plantou para que eu pudesse ver, estou plantando para que outros também possam contemplar”. http://www.abap.org.br. Paisagem Escrita. nº 131, 10/11/2009. Adaptado.

Texto 3
Onde não há pensamento a longo prazo, dificilmente pode haver um senso de destino compartilhado, um sentimento de irmandade, um impulso de cerrar fileiras, ficar ombro a ombro ou marchar no mesmo passo. A solidariedade tem pouca chance de brotar e fincar raízes. Os relacionamentos destacam-se sobretudo pela fragilidade e pela superficialidade. Z. Bauman. Vidas desperdiçadas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005. Adaptado.

Texto 4
A cultura do sacrifício está morta. Deixamos de nos reconhecer na obrigação de viver em nome de qualquer coisa que não nós mesmos. G. Lipovetsky, cit. por Z. Bauman, em A arte da vida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

Como mostram os textos 1 e 2, a imagem de abnegação fornecida pela palma talipot, que, de certo modo, “sacrifica” a própria vida para criar novas vidas, é reforçada pelo altruísmo* de Roberto Burle Marx, que a plantou, não para seu próprio proveito, mas para o dos outros. Em contraposição, o mundo atual teria escolhido o caminho oposto.

Com base nas ideias e sugestões presentes na imagem e nos textos aqui reunidos, redija uma dissertação argumentativa, em prosa, sobre o seguinte tema: O altruísmo e o pensamento a longo prazo ainda têm lugar no mundo contemporâneo?

*Altruísmo = s.m. Tendência ou inclinação de natureza instintiva que incita o ser humano à preocupação com o outro. Dicionário Houaiss da língua portuguesa, 2009.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

DITONGOS E HIATOS- LETRAS E FONEMAS

1. Assinale a alternativa errada a respeito da palavra "churrasqueira".
a) apresenta 13 letras e 10 fonemas
b) apresenta 3 dígrafos: ch, rr, qu
c) divisão silábica: chur-ras-quei-ra
d) é paroxítona e polissílaba

e) apresenta o tritongo: uei

2. Qual das alternativas abaixo possui palavras com mais letras do que fonemas?
a) Caderno

b) Chapéu
c) Flores
d) Livro
e) Disco

3. Assinale a melhor resposta. Em papagaio, temos:
a) um ditongo
b) um tritongo
c) um trissílabo
d) um oxítono
e) um proparoxítono

4. Assinale a série em que apenas um dos vocábulos não possui dígrafo:
a) folha - ficha - lenha - fecho
b) lento - bomba - trinco - algum

c) águia - queijo - quatro - quero
d) descer - cresço - exceto - exsudar
e) serra - vosso - arrepio – assinar

5. Assinale a alternativa que inclui palavras da frase abaixo que contêm, respectivamente, um ditongo oral crescente e um hiato. As mágoas de minha mãe, que sofria em silêncio, jamais foram compreendidas por mim e meus irmãos.
a) foram - minha
b) sofria - jamais
c) meus - irmãos
d) mãe - silêncio

e) mágoas – compreendidas

LETRAS E FONEMAS

BOM "TRABALHO"

ABRAÇOS


1. As palavras “cambalacho”, “carretilha”, “circunferência”, apresentam, respectivamente:
a) oito, nove e doze fonemas
b) oito, oito e onze fonemas;
c) oito, sete e treze fonemas;
d) sete, oito e doze fonemas;
e) oito, oito e doze fonemas.



2.As palavras “pandemônio”, “derreado” e “oxalá” apresentam, respectivamente:
a) nove, sete e cinco fonemas;
b) nove, sete e seis fonemas;
c) oito, seis e cinco fonemas;
d) nove, oito e seis fonemas;
e) oito, oito e cinco fonemas.


3. As palavras “bilíngüe”, “derradeiro” e “complexo” apresentam respectivamente:
a) sete, oito e oito fonemas;
b) sete, nove e sete fonemas;
c) oito, oito e oito fonemas;
d) sete, nove e oito fonemas;
e) oito, oito e sete fonemas.



4. Assinale a alternativa em que todos os vocábulos apresentam o mesmo número de fonemas de “carreata”:

a) elíptico - sexagenário - retângulo;
b) exagero - girassol - amígdala;
c) ovelheiro - exceder - enxaqueca;
d) miserando - excluso - fantasia;
e) groselha - brinquedo - misantropa.


5. Que alternativa apresenta compostos com o mesmo número de fonemas de “esquisitice”?
a) irresoluto - framboesa - basilicão;
b) gargalhada - supressão - hamburguer;
c) pampulha - onomatopáico - hinduísta;
d) consanguíneo - apropinquar - farisaísmo;
e) heterogênio - sortilégio - ostensório.


6. As palavras “qüinqüênio”, “batráquio” e “miscelânea”, apresentam respectivamente:
a) nove, nove e nove fonemas;
b) nove, oito e nove fonemas;
c) oito, nove e oito fonemas;
d) oito, oito e nove fonemas;
e) nove, nove e nove fonemas.


7. As palavras “profilaxia”, “translineação” e “cavalheiro” apresentam respectivamente:
a) onze, doze e nove fonemas;
b) doze, doze e treze fonemas;
c) doze, onze e doze fonemas;
d) onze, dez e doze fonemas;
e) onze, onze e doze fonemas.

Para VI das turmas 211 e 212

BOA PÁSCOA...

Exercícios.

Aproveitem...

01 - (UFES) O acento gráfico de "três" justifica-se por ser o vocábulo:

a) Monossílabo átono terminado em ES.
b) Oxítono terminado em ES
c) Monossílabo tônico terminado em S
d) Oxítono terminado em S

 e) Monossílabo tônico terminado em ES

02 - (UFES)  O vocábulo CONCLUIU não tem acento gráfico,  isso não acontece com uma das seguintes formas do verbo CONCLUIR:
a) concluia
b) concluirmos
c) concluem
d) concluindo
e) concluas


03 - (Med./ Itajubá) Todos os vocábulos devem ser acentuados graficamente, exceto:
a) xadrez
 b) faisca
c) reporter
d) oasis
e) proteina


04- (UFES) Assinale a opção em que o par de vocábulos não obedece à mesma regra de acentuação gráfica.
a) sofismático/ insondáveis
b) automóvel/fácil
c) tá/já
d) água/raciocínio
e) alguém/comvém


05- Os dois vocábulos de cada item devem ser acentuado graficamente, exceto:
a) herbivoro-ridiculo

b) logaritmo-urubu
c) miudo-sacrificio
d) carnauba-germem
e) Biblia-hieroglifo


06- (PUC-Campinas) Assinale a alternativa de vocábulo corretamente acentuado:a) hífen
b) ítem
c) ítens
d) rítmo
e) nidia


07- (Mackenzie) Indique a única alternativa em que nenhuma palavra é acentuada graficamente:
a) lapis, canoa, abacaxi, jovens,

b) ruim, sozinho, aquele, traiu
c) saudade, onix, grau, orquidea
d) flores, açucar, album, virus,
e) voo, legua, assim, tenis


08 - Assinale a alternativa em que ocorre erro na acentuação gráfica da forma verbal acompanhada de pronome.
a) ferí-la-íamos
b
) compô-la
c) vemdê-la
d) retribuí-la


09 - Nas alternativas, a acentuação gráfica está correta em todas as palavras, exceto:
a) jesuíta, caráter
b) viúvo, sótão
c) baínha, raíz

d) naúfrago, espádua
e) gráfico, flúor


10 - (F. VALEPARAIBANA DE ENSINO) Assinale a alternativa que não contém erro:a) após, caráter, caju, album
 b) caqui, dólar, vírus, ritmo
c) ínterim, jóquei, urubú, também
d) parabéns, atrás, aquí, túnel
e) taxi, enigma, ônus, montanhês


11 - (CESCEA) Indique a alternativa em que todas as palavras estão corretas:a) ritmo, ibero, interim
b) recém, rúbrica, refém
c) bátavo, tulipa, avaro

d) lêvedo, caráter, caracteres
e) maquinaria, condor, púdico


12 - (F. C. chagas – RJ) Até ........ momento, ........ se lembrava de que o antiquário tinha o ......... que procurávamos.
a) Aquêle-ninguém-baú
b) Aquêle-ninguém-bau
c) Aquêle-ninguem-baú

 d) Aquele-minguém-baú
e) Aquéle-ninguém-bau

13 - (UM-SP) Em: "Sei de uma que está fazendo serviço de escritório, proibida de voar por motivo de saúde, e me pergunto que podem significar para ela esses papéis, esses telefonemas, esses recados que circulam num plano de cimento invariável, enquanto, sobre a plataforma das nuvens, suas irmãs caminham, ao mesmo tempo singelas e majestáticas."

I - "escritório" e "invariável" recebem acento por idêntica razão.
II - "papéis" recebe acento gráfico porque é oxítona terminada em ditongo.
III
- "está" é acentuada graficamente porque todas as oxítonas devem ser acentuadas

a) estão corretas as afirmações I e II
b) estão corretas as afirmações II e III
c) estão corretas as afirmações I e III
d) todas as afirmativas estão corretas

 e) todas as afirmativas estão incorretas

14 - (FCMSC-SP) Assinale a alternativa em que a palavra que está grafada erradamente, isto é, não deveria ser acentuada:
a) Quê ! Você ainda não tomou banho este mês !
b) Depois de tomar banho, ficou um quê irresistível.
c) Você vive de quê ? De brisa ?

d) Quê beleza ! Estou acertando tudo.
 e) Poderiam ajudar em quê ? Se nada entendiam...

terça-feira, 19 de abril de 2011

RESUMO PARA ESTUDAR PARA VI- ACENTUAÇÃO PARA AS TURMAS 211 E 212

ACENTUAÇÃO GRÁFICA- de acordo com nossa gramática.
observação: este resumo é apenas um lembrete, você deve estudar pelo seu material. Grande abraço da professora Lisa.
As palavras mais numerosas são as paroxítonas, em seguida, estão as oxítonas. A maioria das paroxítonas, podendo ou não ser seguidas de "s". As paroxítonas termina em -a, -e, -o, -em não são acentuadas graficamente. Ex: recorde, rubrica,... As proparoxítonas são sempre acentuadas.

Proparoxítonas

Sílaba tônica: antepenúltima
As proparoxítonas são todas acentuadas graficamente.

 Exemplos: lâmpada, árvore

Paroxítonas
Sílaba tônica: penúltima
Acentuam-se as paroxítonas terminadas em: L,N,R,X,US,I,IS, UM, UNS, Ã, AO E DITONGO ORAL.....
Observação:
1) As paroxítonas terminadas em "n" são acentuadas (hífen), mas as que terminam em "ens", não. (hifens, jovens)
Oxítonas- Sílaba tônica: última
Acentuam-se as oxítonas terminadas em: a (s), e (s),o (s), em, ens
Ex: atendê-los, sofá, café....
Monossílabos
Monossílabos Tônicos Acentuam-se os monossílabos tônicos terminados em:  a (s), e(s), o(s).
 Regras Especiais
Ditongos Abertos
Os ditongos éi, éu e ói, sempre que tiverem pronúncia aberta em palavras oxítonas (éi e não êi), são acentuados. Veja:
éi (s):anéis, fiéis, papéis
éu (s):troféu, céus
ói (s): herói, constrói, caubóis
Obs.: os ditongos abertos ocorridos em palavras paroxítonas NÃO são acentuados.
Exemplos:  colmeia, Coreia, estreia, heroico, ideia, jiboia, joia, paranoia, plateia, etc.
 Hiatos

Acentuam-se o "i" e "u" tônicos quando formam hiato com a vogal anterior, estando eles sozinhos na sílaba ou acompanhados apenas de "s", desde que não sejam seguidos por "-nh". Ex: rainha
Verbos Ter e Vir
Acentua-se com circunflexo a 3ª pessoa do plural do presente do indicativo dos verbos ter e vir, bem como em (deter, conter, reter, advir, convir, intervir, etc.).

 Distingue-se o plural do singular mudando o acento de agudo para circunflexo:
ele detém -eles detêm
ele advém -eles advêm.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Mais um tema. Aproveitem. Abraços. Lisa

(UFC- 2002) PROPOSTA

Leia os textos que tratam do Projeto de Lei que proíbe aplicação de tatuagem permanente e de "piercing" em menores de dezoito anos.
"O PROJETO, em tramitação em Brasília, proíbe - mesmo com a autorização dos pais - crianças e adolescentes de até dezoito anos de idade de fazerem tatuagens ou colocarem "piercings" definitivos, como brincos, argolas, alfinetes ou tachas.”.
("Diário do Nordeste", 09.01.2002)
"Projeto de autoria do deputado Neuton Lima (PFL-SP) proíbe aplicação de tatuagens permanentes ou colocação de "piercing" em menores de idade. A justificativa são as reações alérgicas que os "piercings" podem provocar na pele. O projeto ainda está em fase inicial de tramitação na Câmara dos Deputados. Foi apresentado em dezembro de 2001."
("O Povo", 27.01.2002)
"(...) A segurança e a qualidade dos materiais como agulhas, máquinas, tintas ou jóias (é como chamam os "piercings") é algo que deve despertar a atenção de quem vai fazer uma tatuagem ou colocar um "piercing", pois casos como reações alérgicas às tintas, hepatite e sífilis, além da AIDS, podem acontecer, considerando as condições em que são feitas.
'A colocação, tanto de tatuagens como "piercings", exige perfuração do corpo ou da pele, portanto devem ser feitas com profissionais de boa conduta e com materiais esterilizados, livres de qualquer contaminação', disse o tatuador, que também coloca "piercing", Moacir Alves Teixeira Júnior. (...)
'Eu acho isso correto, porque o menor não tem a idéia amadurecida do que é fazer uma tatuagem ou colocar um "piercing", disse Júnior sobre a possível aprovação da lei."
("Diário do Nordeste", 09.01.2002)
Em um dos estúdios mais antigos da cidade, o do tatuador Juan Heros, além da autorização dos pais, o adolescente deverá levar uma cópia autenticada em cartório da identidade do responsável. Segundo Heros, a questão da nova lei foi discutida durante a 5 Convenção de Tatuagem Internacional, realizada em São Paulo, no ano passado. (...)
Para Juan Heros, as decisões dos deputados não fazem sentido. 'Para votar, o adolescente de dezesseis anos é considerado maior, mas para decidir fazer uma tatuagem ou um "piercing", não. Isso não está certo', declara. 'Quando eles [os deputados] querem usufruir do menor para pedir voto, os menores têm consciência e podem votar. Mas para decidir sobre uma tatuagem, eles não podem. Um voto pode lesar um país inteiro, uma tatuagem, não', destaca. ("O Povo", 27.01.2002)
Escreva um texto dissertativo-argumentativo, posicionando-se a respeito desse Projeto de Lei.


domingo, 27 de março de 2011

Reciclagem é tema de novela.


“Em Passione, Abreu fala em uma indústria de reciclagem, grande e estruturada, onde os funcionários andam sobre estruturas metálicas e usam equipamentos de segurança. A importância da reciclagem, tanto para a trama quanto para a nossa sociedade também está expressa no clipe de abertura, que dá destaque à transformação do lixo em pessoas, mostrando como as atividades relacionadas à reciclagem podem contribuir com a mudança de vida, através da geração de trabalho e renda, o que além de dinheiro, garante a dignidade a catadores que atuam em pelo menos 56% das cidades brasileiras.”






Propostas
1- Tendo como referência os vídeos e textos postados, escreva um texto dissertativo respondendo à pergunta: qual o papel dos meios de comunicação na ampliação do debate sobre sustentabilidade e na mobilização da sociedade em torno do assunto?

2- Tendo como referência os vídeos e textos postados, escreva um texto dissertativo respondendo à pergunta: você acredita que a sustentabilidade é ainda pouco compreendida pela sociedade, apesar de muito falada atualmente? Por quê?

3- Tendo como referência os vídeos e textos postados, escreva um texto dissertativo respondendo à pergunta: o que é sustentabilidade para você?



sexta-feira, 25 de março de 2011

Lixo extraordinário e Sustentabilidade. Vamos dar uma olhadinha??? Aguardem proposta de redação. Abraços. Lisa


Sustentabilidade

“É necessário encontrar formas cada vez mais criativas para mostrar, ao povo em geral, que o “ser sustentável” está ao alcance de cada um de nós por mais simples e por mais humilde que nossas vidas sejam. Absolutamente, todos têm o poder e a oportunidade de ajudar na luta pela conservação do planeta. O “ser sustentável” é muito mais do que preservar o ambiente e se preocupar com as emissões de carbono para a atmosfera.”



quarta-feira, 23 de março de 2011

Turmas 211, 212 e 213- Questões para o "Trabalho Mestre"

TRABALHO AVALIATIVO
1.    Que temas aparecem com mais frequência nas charges em geral?

2. Qual a relação entre uma determinada charge e o contexto histórico no qual foi produzida?

3
. Que valores as charges ou o chargista querem transmitir?

4
. Qual é o conceito de ética implícito nas charges? Pesquisar “ética”.

5. A imagem que as charges transmitem é negativa? Por quê?

6. Os chargistas retratam o mundo que temos ou o mundo com que sonhamos em construir? Por quê?

7
. Você concorda ou discorda da mensagem transmitida pelos chargistas? Em sua opinião elas retratam a realidade? Justifique.

8. É possível perceber a leitura que cada um faz da charge e a leitura que cada um faz do mundo?


9. Pensar sobre o fato de que a informação escrita, ou na forma de imagem, nunca é neutra. A seleção do tema e a forma como este tema é retratado pelo chargista, está intimamente ligada a sua visão de mundo. Por sua vez, a compreensão dos fatos retratados nas charges traz em si os valores e a visão de mundo de cada um. Você concorda com isso?

10. Refletir sobre a realidade política e social em que vivem, entender que ser crítico em relação a essa realidade, lutar por mudanças na construção de uma sociedade e de um mundo melhor é dever de todo cidadão. Você acredita que os chargistas conseguem desempenhar este papel?

Turmas 211, 212 e 213- Campanha da Fraternidade de 2011- Tema para nossas redações no projeto Talentos Literários.

Assista ao vídeo Tema da Campanha da Fraternidade 2011.

Olá queridos (as) alunos (as), leiam com atenção todas as orientações desta postagem.
Nós faremos o nosso "trabalho mestre"  de LPT usando o gênero textual charge. Você deverá procurar charges que tenham como tema as questões ambientais, por exemplo, sustentabilidade, poluição, consumismo, conscientização do homem em relação ao Planeta Terra..... Em seguida, você deverá responder às perguntas que foram postadas neste blog. Teremos um tempo, durante as aulas, que será destinado a este trabalho. Para finalizar o trabalho, você deverá produzir um texto cujo tema será dado em aula e, posteriormete, publicado no blog. 
O valor do trabalho e o prazo para entrega serão discutidos em aula  e combinados. Aguardem novas orientações. Grande abraço. Profª. Lisa



domingo, 20 de março de 2011

Proposta de redação. Aproveitem. É bom lembrar que o conteúdo é por sua conta. Abraços. Profª. Lisa


Após assistir ao vídeo, reflita sobre a situação e escreva um texto dissertativo. Lembre-se de que  “Catástrofes, às vezes, são contornáveis, porém a radioatividade muda o perfil de um local pelos danos que causa ao meio ambiente e à saúde do seres vivos, pois modifica o DNA. Isso está ocorrendo no Japão.”  Quais as consequências que podem advir da emissão de radiação? Escreva um texto argumentativo dissertativo em 20 a 25 linhas. Dê um título ao seu texto.

terça-feira, 15 de março de 2011

Alunos (as) da turmas 211 e 212. Disciplina- Língua Portuguesa- Agora é só estudar.... Grande abraço a todos. Até a próxima!!!!

Resumo da aula
Dia 15/03/11

è Amigo-secreto- A brincadeira na qual ocorre a famosa troca de presentes deve ser grafada com hífen. Para fazer referência a cada participante, o hífen não é necessário.

Exemplo: O amigo-secreto da empresa será sexta-feira e o chefe é o meu amigo secreto.

èAno-novo (Dicionário Houaiss)- Com hífen designa a celebração e o conjunto de festejos que acompanham a passagem do ano, o réveillon. Sem hífen significa literalmente um novo ano, aquele que se inicia.

è Fatores regionais: é possível notar a diferença do português falado por um habitante da região nordeste e outro da região sudeste do Brasil. Dentro de uma mesma região, também há variações no uso da língua.

è Fatores culturais: o grau de escolarização e a formação cultural de um indivíduo também são fatores que colaboram para os diferentes usos da língua.


è Fatores contextuais: nosso modo de falar varia de acordo com a situação em que nos encontramos: quando conversamos com nossos amigos, não usamos os termos que usaríamos se estivéssemos discursando em uma solenidade de formatura.



è Fatores profissionais: o exercício de algumas atividades requer o domínio de certas formas de língua chamadas línguas técnicas  (médicos, professores....)

è Fatores naturais: o uso da língua pelos falantes sofre influência de fatores naturais, como idade e sexo.

èsigno = significado (é o conceito, a ideia transmitida pelo signo, a parte abstrata do signo) + significante (é a imagem sonora, a forma, a parte concreta do signo, suas letras e seus fonemas)

èLíngua: conjunto de sinais baseado em palavras que obedecem às regras gramaticais.

èSigno: elemento representativo que possui duas partes indissolúveis:  significado e significante.

èFala: uso individual da língua, aberto à criatividade e ao desenvolvimento da liberdade de expressão e compreensão.