domingo, 21 de agosto de 2011

Proposta

“...É que os brasileiros não sabem reagir à hipocrisia e falta de ética de muitos daqueles que os governam? Não se importam que tantos políticos que os representam no governo, no Congresso, Estados ou municípios são sabotagem descarada de dinheiro público? pergunto muitos analistas e blogueiros políticos.
Mesmo jovens, trabalhadores ou estudantes, manifestaram até agora a menor reação à corrupção daqueles que os governam.Curiosamente, a mais irritada com o assalto aos cofres públicos do Estado parece ser a Dilma presidente, que tem demonstrado publicamente o seu desagrado por o "controle" áreas do governo atual e tem tomado literalmente e seu Executivo, e diz-se Não terminou ainda purgado dois ministros-chave, com o agravante de que foram herdados de seu sucessor, o popular presidente Lula da Silva, que havia pedido a ele para mantê-los em seu governo.
A imprensa brasileira diz que a presidente Dilma já começou, e o preço que será pago será alto, se livrar da "amaldiçoada herança" hábitos de corrupção do passado. E o povo de rua, por que não aqui também ecos do movimento reviver o indignado? Por que não mobilizar as redes sociais? Brasil, por ocasião da chamada e acionamento direto (uma campanha política realizados no Brasil durante 1984 e 1985, que reivindicou o direito de eleger o presidente do país pelo voto direto dos eleitores), começou a rua após a ditadura militar para exigir eleições símbolo da democracia, e assim o fez para forçar o presidente Fernando Collor de Melo (1990-1992) para deixar a Presidência da República antes das acusações de corrupção contra ele hoje está em silêncio sobre a corrupção. As únicas causas capazes de tomar as ruas para dois milhões de pessoas são homossexuais, seguidores de igrejas evangélicas na festa de Jesus e aqueles que pedem a liberalização da maconha.
Será que os jovens, especialmente, não têm nenhuma razão para exigir um Brasil mais rico, não só todos os dias, ou pelo menos menos pobres, mais desenvolvidos a força, mais internacional, mas também uma política menos corrupta no Brasil, mais justa , menos desigual...
Alguns atribuem o fato de que os brasileiros são um povo pacífico, pouco dado aos protestos, que gostam de viver feliz com o muito ou pouco que tem e trabalhar para viver e não viver para trabalhar. Isto também é verdade, mas não explica que em um mundo globalizado, agora conhecido instantaneamente o que está acontecendo no planeta, começando com os movimentos de protesto de milhões de jovens pedindo democracia ou acusado de ser degenerado, o brasileiros não lutam para que o país além de ser rico seja também mais justo, menos corrupto, mais igualitário e menos violento em todos os níveis.
Esse sonho que deixar o Brasil honesto como herança para seus filhos e, também é verdade, ainda é um país onde seu povo não perdeu o gosto de desfrutar o que eles têm, seria um lugar melhor ainda deve haver um movimento capaz de indignados limpeza da escória de corrupção que agora envolve todas as esferas de poder. (Adaptado)



Por que os brasileiros não reagem à corrupção de seus políticos?
Posicione-se em um texto dissertativo argumentativo em 20 a 25 linhas. Dê um título ao seu texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário